Chelsea atropela o Qarabag e garante vaga

Chelsea atropela o Qarabag e garante vaga

Compartilhar é se importar!

Chelsea atropela o Qarabag e garante vaga

 

A Champions voltou. Depois de um tempo, os times entraram em campo para jogar a quinta partida desta edição de Liga dos Campeões. Na noite desta terça, Chelsea atropela o Qarabag com destaque positivo para o atacante brasileiro Willian.

O Chelsea, que foi goleado na última rodada da Champions, deu a volta por cima.

Willian realizou nesta quarta-feira uma de suas grandes atuações nos 200 jogos que fez com a camisa Chelsea. Afinal, o brasileiro balançou as redes duas vezes e sofreu os pênaltis. As penalidades foram convertidas por Hazard e Fàbregas. O brasileiro participou de todos os gols da vitória por 4 a 0 sobre o Qarabag em Baku, no Azerbaijão. Além disso, ainda causou a expulsão (bastante contestável) de Sadygov aos 19 da primeira etapa que definiu os rumos do jogo. A goleada ainda garante os atuais campeões ingleses mas oitavas de final e elimina as chances de classificação do Qarabag.

Chelsea atropela o Qarabag
Mesmo tropeçante no Grupo C, o Chelsea chega aos 10 pontos e não pode mais ser alcançado por Atlético de Madrid ou Qarabag. Agora, já garantido nas oitavas, tentará superar a Roma e buscar a primeira colocação da chave em Londres contra os colchoneros no dia 5 de dezembro. Já o Qarabag não tem mais chances de classificação e encerrará sua honrosa participação diante da Roma na capital italiana.
Willian vinha sendo reserva nos últimos jogos e ganhou uma chance nesta quarta ao entrar no lugar de Morata – para fazer seu jogo de número 200 pelo Chelsea. A parceria com Hazard funcionou muito bem, e ambos foram decisivos para o triunfo. No segundo tempo, o belga foi substituído por Morata, e o brasileiro aumentou seu papel de protagonista. Participou dos outros dois gols e poderia ainda ter feito mais. Grande noite do meia da Seleção.
 O zagueiro brasileiro, David Luiz, voltou ao time titular após dois jogos. Ele foi barrado (num deles, na vitória sobre o United, ficou fora até do banco), segundo a imprensa inglesa, por questionar o treinador Antonio Conte. Inclusive, sua última partida foi num jogo de Champions, na derrota por 3 a 0 para a Roma. Desta vez, David foi absoluto e ganhou quase todas diante do (pouco perigoso) ataque adversário.

Compartilhar é se importar!

Deixe um comentário

Your email address will not be published.