Neymar dá assistência, Mbappé brilha no aniversário, e PSG fecha 2017 com vitória

Neymar dá assistência, Mbappé brilha no aniversário, e PSG fecha 2017 com vitória

Compartilhar é se importar!

Neymar dá assistência, Mbappé brilha no aniversário, e PSG fecha 2017 com vitória

Neymar dá assistência, Mbappé brilha no aniversário, e PSG fecha 2017 com vitória. Mbappé completou 19 anos nesta quarta-feira e comemorou em grande estilo. No Parque dos Príncipes, o francês fez grande jogada para Cavani abrir o placar com um golaço de letra e também marcou o seu gol na vitória por 3 a 1 sobre o Caen. Neymar, que teve duas chances cara a cara, deu assistência para Berchice fazer o terceiro dos parisienses, e Santini descontou aos 44 após pênalti cometido por Thiago Silva.

Com o belo gol de letra marcado aos 20 do primeiro tempo, Cavani chegou a 50 gols pelo PSG nesta temporada, a melhor marca nas cinco grandes ligas. São 53 ao todo (contando a seleção uruguaia), se igualando a Cristiano Ronaldo, Messi e Lewandowski em 2017.

 

O PSG encerra 2017 com uma vitória e mantendo a vantagem de nove pontos na liderança do Campeonato Francês. O time da capital chega a 50 pontos, contra 41 de Monaco e Lyon, que aparecem na sequência. O Caen, com 24 pontos, é o 12º colocado.

O Campeonato Francês dá uma pausa e volta apenas no dia 12 de janeiro, mas as equipes voltam a jogar oficialmente antes, pela Copa da França. No dia 7, o PSG enfrenta o Rennes, fora de casa. No dia anterior, o Caen enfrenta o Hazebrouck, da sexta divisão francesa.

Com a pausa no futebol francês, o PSG aproveita para viajar para o Catar nesta quarta-feira. O clube é controlado por um fundo de investimentos do país, que usa a visita do Paris Saint-Germain como forma de promover o local como destino turístico. Entre as atividades previstas estão pesca com arpão, safári no deserto e visita a um museu, além de treinos.

O finalzinho do jogo

Neymar recebe pela esquerda, parte em velocidade, passa por um marcador, entra na área e tenta driblar o goleiro, mas Vercoutre acerta o bote e desarma o atacante. O brasileiro, que teve a camisa puxada pelo goleiro, reclama muito com o árbitro.

Compartilhar é se importar!

Deixe um comentário

Your email address will not be published.