Bélgica sofre, mas passa pelo Japão; confira o resumo do jogo

Bélgica sofre, mas passa pelo Japão; confira o resumo do jogo

Compartilhar é se importar!

Bélgica e Japão. Esse era considerado por muitos o jogo mais fácil e tranquilo das oitavas desta edição de Copa do Mundo. Mas as aparências enganam (e muito), pois os asiáticos não entraram simplesmente para jogar, entraram para ganhar. Isso ficou muito claro nos primeiros minutos de jogo.

A Bélgica não encontrou a facilidade que muitos esperavam. Foi melhor, sim, é verdade. Mas não tão superior, pelo menos não durante toda a etapa inicial. O  Japão, ao contrário do que muitos esperavam, marcou em cima, foi ao ataque para fazer a marcação pressão em seus adversários. Claro que alternando entre marcação alta e forte marcação em seu próprio campo. Fato é que o Japão não deixou a Bélgica apresentar o futebol que todos estão acostumados a ver, pelo menos não no primeiro tempo.

A segunda etapa, sem sombra de dúvidas, foi a maior virada da Copa da Rússia, quiçá das últimas Copas disputadas também. O Japão abriu o placar com Haraguchi, depois de um lindo lançamento de Kagawa, pegando a defesa da Bélgica desprevenida. Haraguchi acertou um chute cruzado, tirando o goleiro belga do lance. O segundo gol dos japoneses veio com Inui, acertando um lindo chute de fora da área, o famoso pombo sem asa, novamente, sem nenhuma chance para Courtois, que até se esticou todo, mas o goleirão de 1,99M não conseguiu defender o chute.

Depois do Japão abrir o placar, a Bélgica acordou e Hazard meteu uma bola na trave. Depois disso, os belgas viram o placar aumentar para 2 a 0 e aí foram atrás do placar.  Vertonghen abriu o placar com uma cabeçada despretensiosa, mas que morreu no fundo das redes japonesas. O empate veio com Fellaini, que cabeceou a bola depois do cruzamento de Hazard. E quando tudo parecia se encaminhar para uma prorrogação, o futebol, novamente, prepara uma surpresa. Num contra-ataque fulminante, os belgas chegam com De Bruyne dando um passe para Meunier, que cruza rasteiro na área. O centroavante Lukaku faz o corta-luz e Chadli só tem o trabalho de empurrar para o gol.  Final: Bélgica 3 x 2 Japão.

Brasil e Bélgica irão se enfrentar na próxima sexta-feira.

Compartilhar é se importar!

Deixe um comentário

Your email address will not be published.