Jô espera conclusão de venda para se despedir da torcida do Corinthians

Jô espera conclusão de venda para se despedir da torcida do Corinthians

Compartilhar é se importar!

Jô espera conclusão de venda para se despedir da torcida do Corinthians

Jô espera conclusão de venda para se despedir da torcida do Corinthians. A TV de Jô estava ligada no clássico entre Real Madrid e Barcelona, pelo Campeonato Espanhol, na manhã deste sábado, quando o centroavante de 30 anos respondeu rapidamente a algumas perguntas do GloboEsporte.com sobre seu futuro. Que não será no Corinthians nem na Espanha, mas no Japão.

Negociado com o Nagoya Grampus por cerca de de 11 milhões de euros (cerca de R$ 43 milhões), o jogador prefere ainda não dar entrevistas. Assim que considerar a venda como sacramentada, ele promete dar ao torcedor do Timão as respostas procuradas sobre a transferência.

– Existe a proposta, ela está em andamento, mas no melhor momento oportuno vou me pronunciar – disse o camisa 7, sempre educado com jornalistas.

A cautela de Jô se dá apenas pelos detalhes finais que separam o anúncio: exames médicos e assinatura de contrato. O documento deve ser válido por três temporadas.

De férias no Rio de Janeiro, onde curte os primeiros dias de vida do filho Miguel (nascido há uma semana), ele deve concluir os trâmites após o Natal. É possível que passe por exames já dia 26.

Ótima para o Corinthians em termos financeiros, a proposta também foi considerada irrecusável pelo jogador, que pode quase dobrar seus ganhos por temporada.

O Timão agora vasculha o mercado sul-americano atrás de um substituto. Os argentinos Jonathan Calleri, do Las Palmas, e Emmanuel Gigliotti, do Independiente, foram os primeiros oferecidos.

Os substitutos:

Corinthians já se movimenta atrás de um substituto para Jô, de saída para o Nagoya Grampus, do Japão. A diretoria vê carência de opções no mercado nacional e procura um atacante sul-americano.

Neste sentido, um dos nomes que agrada ao técnico Fábio Carille e à comissão técnica é o do argentino Jonathan Calleri, de 24 anos, atualmente no Las Palmas, da Espanha. Assim que soube da notícia, o pai do atacante publicou em uma rede social uma declaração de amor ao rival São Paulo, onde o filho atuou em 2016.

Compartilhar é se importar!

Deixe um comentário

Your email address will not be published.