Juninho afirma que jogador do Flamengo é vítima de preconceito no Fla

Juninho afirma que jogador do Flamengo é vítima de preconceito no Fla

Juninho afirma que jogador do Flamengo é vítima de preconceito no Fla.

Juninho afirma que jogador do Flamengo é vítima de preconceito no Fla. Na última partida do Flamengo, válida pela semifinal do Carioca, o Rubro-Negro foi a campo com mudanças promovidas pelo, agora ex-técnico, Paulo César Carpegiani. Dentre elas, uma foi a saída do lateral esquerdo Renê da equipe titular, para entrada de Everton Cardoso na posição.

O fato causou indignação no comentarista Juninho Pernambucano. De acordo com Juninho, que opinou sobre o assunto durante o programa <em>Seleção Sportv, </em>o atleta sofre preconceito no Fla, por conta de características físicas e pelo fato de ter nascido Nordeste.

— Na minha opinião, falta comando (no Flamengo). A torcida que escalou o Vinicius Júnior, a torcida que tirou o Renê. Você vai pro jogo que é uma semifinal, que você tem a vantagem do empate, a torcida tira o Everton, que joga lá na ponta esquerda e decide, para improvisá-lo, porque o Vinicius Júnior tem que jogar, e o Renê é ruim. Como que o Renê é ruim e chegou no Flamengo? O Renê é feio, é nordestino e não é amigo de ninguém. Isso é a realidade, o Brasil é preconceituoso e a torcida da massa é preconceituosa.

Temporada

Agora, o Flamengo terá duas semanas de descanso, para se preparar para a estreia do clube no Campeonato Brasileiro. O time do Flamengo volta a jogar apenas no dia 14 de abril, onde enfrenta o Vitória, da Bahia. Enquanto isso, o Flamengo divide a atenção com a Libertadores, onde o clube carioca irá enfrentar o Santa Fé, da Colômbia, com mando de campo do Rubro-Negro Carioca. No grupo do Flamengo, ele é líder. Com 4 pontos ganhos, 3 a mais do que os demais, entretanto, com um jogo a mais do que River e Santa Fé, que se enfrentam no próximo dia 04 de abril.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.