Grêmio volta à final da Libertadores 10 anos depois

Grêmio volta à final da Libertadores 10 anos depois

Compartilhar é se importar!

Grêmio volta à final da Libertadores 10 anos depois

 

​Depois de vencer o jogo o Barcelona no Equador por 3 a 0 e perder em Porto Alegre por 1 a 0, o Grêmio chegou a mais uma final de Copa Libertadores. Esta será a quinta decisão do torneio disputada pelo clube em sua história, e a última aconteceu justamente há 10 anos, em 2017. De lá para cá, conforme apontado pelo site ​UOL Esporte, o Tricolor gaúcho mudou de diversas maneiras – para melhor.

O time que chegou à final em 2007, comandado por Mano Menezes, vivia na instabilidade causada pelo momento financeiro ruim do Grêmio. Recém-chegado da Série B, que disputou em 2005, o clube vivia de projetos imediatistas e periódicos. Passados 10 anos, o Tricolor tem um quadro de sócios solidificado e goza de saúde econômica, com investimento nas categorias de base e um elenco equilibrado.

Único jogador do atual plantel presente em 2007, Marcelo Grohe comemorou a chegada à decisão. Há 10 anos, o goleiro era reserva de Sebastián Saja e viu do banco a equipe perder os dois jogos para o Boca Juniors e ficar com o vice-campeonato.

Só cinco grupos que jogaram no Grêmio chegaram a uma final de Libertadores. Eu, como torcedor do Grêmio, me sinto honrado. Feliz. E agradecido por quem acreditou e confiou no meu trabalho”, afirmou o arqueiro.

Compartilhar é se importar!

Deixe um comentário

Your email address will not be published.